Tabus versus masturbação feminina: existe um vencedor?

Por definição masturbar é manipular ou estimular os seus órgãos sexuais, ou de os de alguém para alcançar ou fazer alcançar orgasmo. A masturbação feminina se dá por meio de carícias em partes da vagina, tais como os pequenos e grandes lábios, ou na base do clitóris, ali na parte anterior da vulva. Opa! Não os conhece? Nunca ouviu falar deles? Não sabe onde se escondem?

Eis a grande questão: muitas mulheres não exploram seu corpo. Uma pesquisa recente promovida pelo Programa de Estudos em Sexualidade do Hospital das Clínicas de São Paulo, entrevistou 8.200 pessoas de todo país para entender o comportamento sexual do brasileiro. Descobriu-se que: 3% dos homens entrevistado nunca se masturbaram, porém, 40% das mulheres mencionaram a mesma resposta. Assustador!

Mas, porque tudo isso?

Mas, o que provoca esse bloqueio? Essas perguntas são respondidas claramente pela pressão de fatores comportamentais, que por muitos anos foram baseadas por posturas religiosas. Essa posição austera difundiu entre as mulheres que a masturbação feminina era uma espécie de pecado, e apenas sua sugestão, ainda hoje, causa temor para algumas destas, preservando o tabu.

Soma-se a isso o pensamento ambíguo masculino que uma hora está a favor da masturbação feminina e até gosta, mas, de repente, por insegurança acha que a mulher não o deseja mais.

Os homens crescem numa atmosfera mais que permissível para a masturbação, é natural que ainda jovens já iniciem os primeiros passos para desenvolver a sexualidade. E por que alguns ainda conservam resistência quando o assunto é a mulher que se toca?

É nítido que os homens também são afetados por essa “pressão social”. Uma herança coletiva difícil de desfazer rapidamente. O importante é que o debate tem existido atualmente, e pelo menos para certos homens, a mulher não será considerada “impura” por se masturbar.

Os prós da masturbação feminina

O argumento maior para masturbação feminina seria o de descobrir os limites de seu corpo para o prazer. Explorar sua intimidade em busca de orgasmo lhe deixará mais segura na hora do sexo, pois facilitará seu diálogo com o parceiro.

E o que dizer quando alguém lhe te confronta com “meu tesão é nos pequenos lábios e o seu?”, ou “tu sabes onde fica tua uretra?” ou ainda “ai… quando ele toca na glande do meu clitóris, me acabo”. É quase uma linguagem extraterrena, mas é a masturbação feminina que ajuda a decifrar esses enigmas. A mulher curiosa vai buscar esses segredos.

Aos poucos a mulher vai conhecendo suas terminações nervosas, seu “ponto G”. Palavras como a zona erógena farão parte de seu vocabulário sexual.

A mulher desenvolver suas fantasias: relaxar, se satisfazer quando bem quiser, mostrará que ela é dona de suas ações, de seu corpo. A masturbação feminina é um exercício de autoestima, libera endorfina, melhora fluxo sanguíneo, libera hormônios analgésicos, facilita oxigenação, faz bem ao coração… Ufa! Não brinca com o orgasmo feminino.

Existe alguma contraindicação?

Não. Mas, algumas recomendações. A masturbação feminina envolve uma parte sensível da mulher, que precisa de cuidados especiais e o mínimo de higiene, por isso cuidado no que for penetrar na sua amiguinha.

Procure brinquedos de qualidade, o mercado oferece uma enorme quantidade de produtos, vá testando e veja qual o melhor, essa é uma ótima oportunidade para conhecê-los.

A dois só faça se estiver afim. Não se toque pela pressão de seu parceiro. Isso não lhe dará prazer certamente. Tem que ser divertido e prazeroso, nunca agressivo. A cumplicidade é fundamental nesse caso. Os dois devem gozar, não um apenas.

E se o homem for problema?

O homem quando não se sente a vontade com a masturbação de sua parceira, é por pura insegurança. Lembre que ele carrega um conceito prévio, e por isso confabula internamente “ela não sente mais tesão”, “ela deve está pensando em outro”, “ela não gosta mais de mim”.

Pensamentos tortos, já que os homens vivem se masturbando. Eles não deveriam nem pensar duas vezes quando o assunto é masturbação feminina.

O conselho aqui é o diálogo, converse com seu marido, namorado, companheiro… Explique que é só mais uma forma para os dois sentirem prazer. É como se fosse uma nova posição na hora do sexo.

Estimule-o a masturbar-se também na hora do sexo, brinquem com a situação, será uma ótima aos dois. A masturbação feminina é boa para ambos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *