Sexo com o ex … Sim? Não? Quem Sabe

Imagine que você está sem nada para fazer, o seu telefone toca e quando você olha é o ex. O fato é que o ex, quando liga, ou está querendo briga ou está em busca de uma noite para recordar os velhos tempos.

De fato, os sentimentos são bastante conflitantes e de alguma forma, transar com a pessoa com quem você já teve uma relação pode ser uma experiência bastante prazerosa no ato, o dia seguinte pode se iniciar com uma dose bem grande de culpa e incerteza a respeito dos próprios sentimentos.

É normal ter desejo pelo ex?

Sim, é muito comum sentir desejo sexual por seu ex namorado ou namorada, marido e mulher, mesmo que já não exista mais amor entre vocês.

Isso porque o casal já tem uma certa intimidade e aprendeu a conhecer um ao outro. Sendo assim, o sexo casual com esse parceiro pode ser algo bastante excitante visto que um já sabe do que o outro gosta.

Lembrando ainda que muitas vezes o relacionamento não termina por desavenças na cama ou falta de desejo sexual.

As razões para procurar um ex para ter sexo casual são bem variadas, porém o fato de haver uma certa intimidade entre ambos é um fator muito significativo e que não acontece nos primeiros encontros com outras pessoas.

O que acontece então é que ambos se sentem mais livres com a possibilidade de explorar algumas novidades, sendo mais fácil fazer propostas mais ousadas para alguém que você já conhece.

Algo muito comum é que as mulheres, por exemplo, apresentam muito pudor na hora de fazer sexo anal, mas pode ser muito mais simples para ela aproveitar essa experiência com o ex do que com parceiro eventual.

Assim será muito mais fácil aproveitar a sensação e o homem também sentirá que ela está confortável pois isso faz toda diferença no sexo.

Sexo com o ex? Sim, mas defina as regras!

É muito comum que o amor acabe e o desejo sexual continue alto, inclusive, aumentando. No entanto muitas pessoas temem que esse momento de prazer para os dois possa reabrir antigas feridas da relação e criar falsas esperanças para alguma das partes envolvidas.

A carência é o principal fator que pode fazer com que um dos dois pense que o sexo é um convite para uma nova etapa de romance ou uma volta, por isso é importante que as expectativas de cada um fiquem bem claras

Sendo assim, por mais difícil que possa parecer, uma conversa antes de começar é sempre o melhor caminho para evitar problemas futuros

Isso porque todo mundo, tanto a mulher quanto o homem, possuem algum tipo de insegurança quando se trata a do ex, mesmo que seja apenas uma noite. Então nada melhor do que estabelecer um acordo prático e evitar quaisquer tipos de frustrações.

Sexo com o ex? E a incapacidade de se libertar?

Para certas pessoas o ato de lidar com sexo é algo bastante simples, porém é claro que cada pessoa lida de um jeito e não são somente as mulheres que podem se sentir usadas ao perceber que todo envolvimento não passou de uma noite de sexo casual.

Acontece, inclusive, que muitas mulheres acreditam que o homem está sempre disposto para uma transa sem compromisso, só que isso não é uma regra e pode causar mágoas.

O problema fica maior ainda quando a pessoa sabe que irá se frustrar, porém não consegue recusar os convites. Sendo assim, nada melhor do que reconhecer os próprios limites e aprender a respeita-los evitando prolongar uma história que não tem mais sentido, por mais tempo do que deveria.

Então, se você alimenta qualquer tipo de sentimento por uma pessoa que não quer mais o relacionamento com você, é melhor não manter nem mesmo o vínculo sexual pois isso certamente vai dificultar o processo de superação.

Por outro lado, se você sabe que a pessoa nutre alguma esperança e você não tem a menor disposição para reatar esse relacionamento, também é fundamental cortar esse laço para ajudar a outra pessoa seguir em frente.

Claro que um segundo ponto final pode ser algo bastante dolorido mas é muito importante que ambas as partes não sintam qualquer obrigação de atender os chamados do outro, afinal, sexo com o ex é só por prazer corporal.

Existem ainda casais que lidam muito bem com isso e conseguem até criar uma nova rotina com encontros sexuais, porém sem quaisquer obrigações de um relacionamento. Logo, se ambos estiverem em sintonia, esse tipo de acordo tem tudo para dar certo. No entanto se as expectativas dos dois forem diferentes, isso poderá trazer desconforto e dor, além de que o sexo com o ex vira acompanhado de uma grande dor de cabeça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *