Sexo pela primeira vez

Sexo pela primeira vez – Tudo o que você precisa saber para que não seja uma decepção

Muitos ingressam na vida sexual cedo demais, na expectativa de algo maravilhoso e acabam se decepcionando com o sexo no dia seguinte. Isso ocorre também com grande parte dos adultos, que depositam em seus parceiros um projeção altíssima do que seria o sexo, e acabam por sí só frustrados quando sua imaginação choca com a realidade.

Se é a primeira vez que você vai ter uma relação sexual confira as dicas abaixo para ter certeza de que terá uma atividade agradável, que te fará nunca mais esquecer.

Sexo pela primeira vez

1 – Tenha certeza de que quer ingressar no mundo sexual

Pode parecer besteira, mas muitas pessoas, adolescentes ingressam na vida sexual sem estarem formados para isso. É necessário mais que o corpo para se ter uma relação sexual com alguém, em ambos os casos é necessário estar preparado mentalmente para a situação e, principalmente, não ser forçado por conceitos sociais.

Atualmente o sexo tem sido banalizado e o ato de praticar sexo não pode ser mais um dia qualquer em sua vida. A primeira vez, é como um rito de passagem, de criança/adolescente a vida adulta, para um homem ou uma mulher.

Ter a mente completamente ciente do que se trata, o que significa para você o sexo e quem sera teu parceiro(a) influencia muito depois do ato, por que será algo que você carregara consigo pelo resto da vida.

Esteja bem consigo, se ache bonita e tenha a consciência de que seu corpo não precisa ser igual aos que você vê na TV para que o resultado final seja prazeroso.

2 – Prepare-se para o sangramento

Sabemos que ocorre sangramento no caso das mulheres quando há ruptura do hímen, mas isso não é uma regra, muitas garotas podem ser virgens, ter o hímen rompido mas sem ocorrer o sangramento. O que acarreta outros problemas se seu parceiro for um desinformado.
Ele poderá colocar sua integridade a prova, te causando danos emocionais que podem te marcar pelo resto da vida, por isso a necessidade de se estarem preparados.
No caso dos meninos que são muito mais racionais para o sexo, é necessário que se encontre uma parceira que seja compreensível. Se ela não for virgem também, a carga emocional de que você precisa fazer acontecer, pode te deixar nervoso e não colaborar para a sua primeira vez.
O que acaba acontecendo com muitos homens que é a disfunção erétil causada por fatores emocionais, como o próprio nervosismo.

3 –  Não espere de mais, só deixe levar

A decepção acontece quando criamos algo no mundo das ideias que não corresponde a nossa realidade. Isto é, pensamos que algo como nos filmes vãos nos acontecer conosco, e a realidade é bem diferente, por que existem inúmeros fatores

Não podemos responsabilizar ninguém por nossas expectativas. Então para que não seja algo que te desaponte, tente se conhecer primeiro sabendo se esta preparado para o sexo.

Adolescentes em sua grande maioria do sexo masculino, tem um nível elevado de testosterona, o que faz com que pensem quase o tempo todo em sexo.

Porém a sua vontade não esta ligada a sentimentos, como na maioria das mulheres. Elas estão ligadas apenas no satisfazer a necessidade que se instalou como parte do desenvolvimento dele como homem. O que por vezes, ele poderá trocar de parceira facilmente, uma vez que seus sentimentos não estão ligados ao sexo.

Já as meninas, embora estejam mais cientes de como funciona o mundo masculino quando não estão em um relacionamento e se tratando de sexo, algumas delas insistem em imaginar que o moço em questão vai ser diferente com ela. O que pode acontecer, mas sabendo que isso é uma exceção não uma regra.

4 – Sexo não é garantia de coisa alguma

Comece  o seu envolvimento com o seu parceiro com a certeza de que pode não haver relacionamento seguinte. O sexo não é algo que prende as pessoas, apesar de colaborar para que isso aconteça.  Tenha em mente que ter uma vida sexualmente ativa não necessariamente é exigência de um parceiro fixo, ela só precisa ser prazerosa e nunca danosa.

5 – Esteja relaxada

Procure estar relaxada, não se aventure com algum desconhecido(a) faça com alguém que saiba lhe tratar com calma e te deixar a vontade.

O processo da primeira vez é dolorido e desconfortável, não se iluda achando que as coisas serão fáceis como nos filmes, por que elas não são, mas é necessário que você esteja certo(a) de que realmente o quer.

Não se baseie em relações de amigos ou amigas, cada pessoa é única sendo assim cada relação tem sua particularidade, cada caso é um caso.

Desfrute de uma relação sexual calma, tenha um lugar adequado, sem pressa.
Se certifique de que tenha proteção sexual necessária. Camisinha é essencial, grave isso !

O Contato físico em sí, como carícias, beijos ajudam a relaxar além de propiciar ambos para a relação.Estabeleça limites, fale o que gostar ou não. Tendo estas questões resolvidas dentro de sí e com seu parceiro(a), desfrute com responsabilidade.

A vida é feita de processos, a maturação para se iniciar a vida sexual é um deles, quando se inicia jovem demais, os riscos são maiores, como uma gravidez precoce ou uma doença sexualmente transmissível. O que acaba sendo as mais comuns devida a falta de responsabilidade dos praticantes, desinformação e falta de responsabilidade em prevenir-se.

Mas se você já teve sua primeira vez e se decepcionou;

Saiba principalmente que a única pessoa capaz de superar suas decepções é você; E a melhor maneira é deixando para traz as coisas que lhe desapontaram.

Procure futuramente escolher melhor as pessoas com quem se relaciona e a qual manterá relação sexual sendo dentro de um relacionamento ou não. Conversar sobre limites e o que gosta ou não é essencial, a vergonha só diminuirá suas chances de se realizar e ser feliz.

Não espere demais do seu parceiro, deixe as coisas acontecerem naturalmente, seja responsável e criativo, mas acima de tudo respeite a si e a outro. Essa é a base não somente do sexo sem decepções como de relações amáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *