Frigidez Feminina

Frigidez Feminina – Significado, Como tratar e principais causas dentro ou fora do casamento

A Disfunção sexual feminina conhecida popularmente como frigidez, é a incapacidade da mulher responder aos estímulos sexuais, durante a relação sexual e chegar ao orgasmo. A palavra frigidez, deriva do latim que quer dizer frio, por isso a associação de uma mulher fria sexualmente, sem interesse.

Como acontece a Frigidez Feminina

O organismo da mulher durante uma relação sexual passa por quatro ciclos de resposta aos estímulos sexuais: Excitação, Platô ( próximo ao orgasmo), Orgasmo(Clímax) e Resolução ( quando se recupera após o clímax). Quando um destes ciclos falha, ocorre a disfunção sexual feminina ou então a chamada “frigidez” .

Esta disfunção pode estar ligada a diversos fatores, sendo eles de causas físicas, emocionais e acredite se quiser, culturais e sociais.

Frigidez Feminina

Fatores de risco

  • Diabetes
  • Depressão
  • Doenças Cardíacas
  • Abusos de drogas
  • Menopausa
  • Efeito colateral de alguns medicamentos
  • Disfunção hormonal
  • Fatores emocionais ligados a autoestima ou traumas em relacionamentos
  • Ansiedade

Causas relacionadas

Quando a mulher não é feliz com seu corpo, sua libido provavelmente é baixa devida a exposição do corpo. Uma autocritica onde se compara com os padrões de beleza estipulado pelos outros do que é  aceitável e belo, torna a comparação um bloqueio e faz com que a libido desapareça.

Valores culturais e sociais influenciam de maneira direta, pois a maneira como é educada pode reprimir ou liberar os desejos sexuais, criando mitos e conceitos errados sobre o sexo e a satisfação plena de ambos em uma relação.

Os conceitos sociais de quem a mulher representa na sociedade também manipula sua libido, muitas vezes reprimindo a ponto de não existir nenhuma. Existem mulheres que nunca atingiram um orgasmo e não sabem como fazer para obtê-lo.Todos estes fatores colaboram para que ocorra a frigidez e saber como tratar isso é tão importante quanto o tratamento da impotência masculina.

O médico ginecologista poderá avaliar se sua frigidez é de natureza física ou psicológica lhe indicando o melhor tratamento.

Tratamento

Antes de um tratamento medicamentoso você pode mudar alguns hábitos e avaliar se isso influencia diretamente na sua libido.

Você pode começar mudando hábitos alimentares, incluindo em sua dieta alimentos afrodisíacos.

  •        Praticar algum tipo de exercício que te ajude a liberar o stress.
  •        Quebre a rotina. Mudar o ambiente pode te ajudar a ficar mais relaxada para a ocasião.
  •        Aprenda a falar diretamente. A comunicação é importante  sobre o que você gosta e não.
  •        Aprenda a gostar de si, é importante que você goste de sua aparência para se sentir a vontade.
  •        Libere suas fantasias e desejos. Estar reprimindo o que sente pode te tornar infeliz e fria.
  •        Vá a um Sexshop e conheça produtos que possam te ajudar.
  •        Questione-se porque e não se obrigue.
  •       Conheça se melhor.

Existem tratamentos que são utilizados quando há constatação de causas físicas, como depressão, diabetes, menopausa etc.

O remédio geralmente é trocado para diminuir os possíveis efeitos que geram a frigidez.  No caso da disfunção hormonal, terapias com estrogênio e andrógenos pode ser útil mas requer monitoramento constante do seu medico.

O estrogênio é aplicado na vagina, pode ser em formato de anel, tablete ou creme. O seu uso melhora a  elasticidade vaginal, fluxo sanguino na região e a lubrificação.

Já a terapia com andrógenos é a base de testosterona, que é responsável pela líbido também na mulher. Mas ainda é pouco usual por não surtir efeito de maneira generalizada, em alguns casos resolve em outros não.

A disfunção sexual feminina é causada por diversos fatores, o que torna impossível o tratamento somente de um fator e esperar que resolva a situação por completo.  Traumas desde violência doméstica, estupro, abuso verbal pode causar frigidez, o que então nesses casos é necessário um psicologo.

Entretanto com a ajuda de especialistas, sexólogos, médicos e mudanças de hábitos e até mesmo de parceiro, pode resolver sua frigidez.

Buscar a solução de maneira consciente sabendo que existe um processo, se dê tempo, você não é uma máquina. O importante é não desistir de ser plena em todas as áreas de sua vida e feliz com sua sexualidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *